Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: Operação Piracema em Uruguaiana.

22 de out de 2013

Operação Piracema em Uruguaiana.



A Brigada Militar divulgou os dados referentes Operação Piracema, desenvolvida no rio Uruguai, durante os primeiros onze dias do mês de outubro. O evento aconteceu na sede do Tamandaré Iate Clube. A Operação Piracema, desenvolvida pela Brigada Militar, através dos efetivos do Comando Ambiental, Comando Regional da Fronteira Oeste, Comando Regional da Fronteira Noroeste, Comando Rodoviário, Batalhão de Áreas de Fronteira, Batalhão de Aviação e Polícia Ambiental Catarinense, visou desencadear operações policiais na área de Fronteira do Rio Grande do Sul, com a Argentina e com o Estado de Santa Catarina.
Ao todo, segundo a Brigada Militar, foram utilizadas 11 embarcações, 180 policiais, 40 viaturas e um helicóptero, que rastrearam o rio Uruguai, ao longo de 630 quilômetros de extensão, desde o município de Derrubadas, no noroeste do Estado, até Uruguaiana. Durante as operações, foram apreendidas 112 redes de pesca, totalizando 10.304 metros de redes e 15.057 metros de espinhel. Ainda como resultado da atuação da Brigada na Operação Piracema foram vistoriados 341 acampamentos e abordadas 963 pessoas. 
O coronel Ângelo Antônio Vieira da Silva, comandante do Comando Ambiental da Brigada Militar, salientou durante o ato de divulgação dos resultados, a importância da participação das comunidades onde a atuação da Operação Piracema foi desenvolvida, principalmente no âmbito da educação. “Além de fiscalizar, a atuação da Brigada Militar também esteve voltada a Educação Ambiental em comunidades ribeirinhas”, ressaltou. Durante o período de desenvolvimento do trabalho 18 escolas estaduais e municipais estiveram envolvidas no projeto de Educação Ambiental, totalizando uma abrangência de 774 crianças.  O presidente do Conselho Pró-Segurança Pública de Uruguaiana (CONSEPRO), Clarindo Martins Barbosa, salientou a importância da parceria mantida pela entidade com os órgãos de segurança pública, principalmente a Brigada Militar. 

Nenhum comentário: