Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: Felice é deposto por filiados do PSDB – Uruguaiana.

20 de ago de 2014

Felice é deposto por filiados do PSDB – Uruguaiana.



Na segunda-feira, dia 18/08, baseado no Estatuto do PSDB, filiados encaminharam Ofício de renúncia coletiva ao presidente estadual da sigla, deputado Adilson Troca, sendo este protocolado na sede estadual do partido, em Porto Alegre. Assinaram o documento 23 tucanos: Luiz Augusto Schneider, Paulo Henrique Fernandes Inda, Rogério de Moraes, Francisco Robalo Fernandes, Ivete Guterres de Carvalho, Valério Pimpão Echeverria, Vitor Manoel Gediel Machado, Paulo César Kleinübing, Eloy Arcídio Trojan, Wilson José Mateo Dornelles, Gládis Cardoso Soares, Cléria Tavares Martins, Luiz Fernando Franco Malfussi, José Adenir Rodrigues, Cláudia Segabinazzi Ferreira, Jerônimo Rocha dos Santos, Norberto Etcheverria, Dionísio Schirmer Etcheverria, Ataualpa Pereira Dorneles Filho, Marvilene Rodrigues, América Brum Chavasco, Iara Regina Figueiredo e Mara Rejane Brum. A renúncia é um ato unilateral, não cabe recurso.
Neste Ofício, cumpre ressaltar que esta maioria absoluta de integrantes do Diretório Municipal reafirma incondicionalmente sua condição de sociais democratas e praticantes da ética programática do PSDB nacional e estadual, contudo, não poderão continuar compactuando com os rumos que o PSDB do Município de Uruguaiana vem tomando a partir de decisões monocráticas do então Presidente Municipal, José Francisco Sanchotene Felice. Reafirmamos nosso firme propósito de seguirmos construindo um PSDB cada vez melhor e mais forte, alinhados com as diretrizes nacional e estadual do partido. Com efeito, por força do Art. 35, §1º do Estatuto do PSDB, a partir desta data, deverá ser considerado desconstituído por renúncia coletiva, e via de conseqüência, extinto, o Diretório Municipal do PSDB de Uruguaiana, bem como sua comissão executiva. Isto posto, requeremos a designação de Comissão Provisória, nos termos do Art. 45 do Estatuto do PSDB, para guiar o partido até as convenções do ano de 2015.
Ainda, destaca o prefeito Luiz Augusto Schneider, que “esta renúncia coletiva de integrantes do Diretório do Partido da Social Democracia – PSDB, da cidade de Uruguaiana,  busca a dignidade dos filiados, a manutenção e o incremento de ações visando o fortalecimento da sigla em nosso município. Cabe evidenciar que foram envidados todos os esforços em prol do entendimento e dos interesses de nossa agremiação. Na total ausência de diálogo, democracia e respeito aos valorosos e históricos militantes da sigla em Uruguaiana, foi decidido pela dissolução do referido Diretório e a consequente nomeação de uma Comissão Provisória para conduzir, com isenção, o processo, no qual temos em conta maior a eleição do senador Aécio Neves ao cargo de Presidente da República Federativa do Brasil.  Neste sentido, protocolamos documento ao secretário-geral do PSDB/RS, Dr. Jorge Alberto Xavier Hias, na segunda-feira, dia 18/08, na sede do partido em Porto Alegre, na Rua dos Andradas, 943. Queremos revigorar o PSDB na cidade de Uruguaiana e traçar novos rumos, pautados no diálogo, no respeito mútuo e na construção de um caminho sólido, que vise atender as demandas partidárias e comunitárias, bem como a promoção de uma sociedade harmoniosa, sem perseguições, sem ódios, sem ataques pessoais”, concluiu. Outro fato que desagradou os tucanos é a falta de prestação de contas dos valores que foram recolhidos dos filiados detentores de cargos em comissão e de cargos eletivos. A Executiva Estadual deve nomear o novo Presidente.

Um comentário:

Anônimo disse...

O que não fazem por amor ao cargo...