Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: Forças policiais, por Gabriel Novis Neves

16 de nov de 2015

Forças policiais, por Gabriel Novis Neves

Forças policiais 
Por mais absurdo que possa parecer estamos hoje sendo governados por forças que apenas buscam escapar dos camburões policiais. 
Os reais problemas do país são delegados a segundo plano, já que grande parte da nossa classe governante está apenas empenhada em se desvencilhar de seus próprios imbróglios éticos, que se avolumam dia a dia. 
Essa é a razão fundamental da nossa absoluta falta de perspectiva com relação a essa crise econômica, política e social, a mais longa de todas que já vivemos. 
O resultado de toda essa irresponsabilidade é a inércia maldita que a todos angustia. Essa sensação de labirinto de areias movediças em que nos movemos atônitos sem encontrar uma saída. 
As crises mundiais apregoadas como causadoras de muitos estragos, principalmente no tocante ao desemprego, nem de leve causaram os efeitos devastadores que essa nossa agrura vem causando, em especial nos menos abastados. 
Com o desprestígio internacional nos tornamos reféns das atuais agências de avaliação de risco, ou seja, as que vão determinar a credibilidade do país para o qual deve migrar o capital. 
Diante dessas condições ditadas pelas economias fortes de mercado, estamos cada vez mais tendo as nossas notas rebaixadas no quesito “bom pagador”, fator esse estimulante para uma economia já agonizante. 
Enquanto isso, nossos governantes comportam-se como se estivessem num baile da Ilha Fiscal, com suas viagens megalômanas, seus privilégios escancarados, todos procurando salvar suas próprias peles chamuscadas, indiferentes ao circo que já mostra as suas lonas despencadas. 
Ao que tudo indica somente a sociedade civil unida pela indignação será capaz de encontrar uma solução rápida e eficaz para resgatar os valores éticos perdidos e colocá-los novamente na direção desse país.

Nenhum comentário: