Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: De olho no aumento dos medicamentos - BR

22 de fev de 2017

De olho no aumento dos medicamentos - BR

Qual o impacto do aumento de preços dos medicamentos na vida do consumidor? Recentemente a Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma) apresentou cálculos preliminares que apontam que os medicamentos terão um reajuste médio nos preços de cerca de 3,4%. 
O valor vai de encontro com os projetados pelas indústrias e consultorias participantes da Conferência Febrafar e Abradilan de Líderes do Mercado Farmacêutico, que aconteceu na sede da Febrafar, em São Paulo, nos dias 15 e 16 de fevereiro de 2017. Na ocasião vários dos participantes afirmaram que o reajuste neste ano ficaria abaixo da inflação. 
O aumento não se dá por um índice fixo, mas variando por produto. Sendo que a taxa dos produtos com maior concorrência deve ser de cerca de 1,6%, e, para os mais inovadores, deverá chegar a 5%. Contudo, os números do aumento devem sair em março.
*Segundo a pesquisa, dos entrevistados que foram às farmácias, 72% adquiriram os medicamentos, contudo, apenas 24% compraram exatamente o que foram comprar, 31% modificaram parte da compra e 45% trocaram os medicamentos por vontade própria ou por indicação dos farmacêuticos.


Nenhum comentário: