Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: Drágeas News de Dr. Rossi - verdades que parecem mentira /Uruguaiana e adjacências

22 de mar de 2017

Drágeas News de Dr. Rossi - verdades que parecem mentira /Uruguaiana e adjacências


FECHADO PARA BALANÇO 

O Corpo de Bombeiros de Uruguaiana, após uma rápida atuação - quando interditou os barracões de três das maiores escolas de samba de Uruguaiana -  às vésperas do Carnaval - voltou a fechar suas portas ainda no dia 20, por falta de efetivo. 

FECHADO PARA BALANÇO II 

Outra instituição fechada nas últimas 72 horas foi a agência central dos Correios, que foi arrombada durante a madrugada de segunda-feira. Para os que necessitassem enviar alguma correspondência ou acessar a caixa postal, só utilizando sinais de fumaça ou pombos-correios. *Há uma agência de emergência na Presidente. 

FAZENDO A DIFERENÇA 

Vantuir, dos Rouxinóis, Ito Melodia, da Cova da Onça e Igor Sorriso, da Marduque fizeram apresentações irretocáveis na avenida Presidente Vargas. As três escolas também gabaritaram no quesito bateria nas duas noites de carnaval. No quesito samba enredo, Cova e Marduque também “passaram a régua”. 

ALHOS COM BUGALHOS 

Apesar de realmente ter um bom carnaval graças às escolas do Grupo Especial e mais duas do Grupo de Acesso, a Comissão responsável pela sua realização – antes a Liesu fazia o mesmo – continua insistindo em misturar os desfiles destas com escolas mambembes, para desespero dos turistas e amantes da festa. Os desfiles na madrugada além de espantar da avenida as pessoas mais idosas, que não aguentam esperar até altas horas para assistir as verdadeiras escolas de samba desfilarem, causa uma péssima impressão àqueles que vem de longe para ver “o terceiro melhor carnaval do país”. 

SEM COMPROMISSO 

Outra praga de nosso carnaval á a falta de compromisso das escolas de samba em relação ao horário de entrada na Presidente Vargas. Enquanto tal falta de profissionalismo persistir, dificilmente um canal de televisão – tirante os secretos, tipo TV Brasil – ou uma rádio com grande alcance no Estado irá transmiti-lo. 

"OTORIDADE"

A cada edição do Carnaval de Uruguaiana, surge uma nova “otoridade” na avenida. Durante a era Felice/Schneider, um conhecido aspone, de peito inflado e ares de Napoleão andava para cima e para baixo da passarela do samba atucanando a imprensa – que tentava fazer o seu trabalho, importante para a divulgação do carnaval – e incomodando as torcidas organizadas das escolas de samba. Este ano, com o novo governo, eis que surge um novo aspone para ocupar o lugar. Parece praga de sogra!

Nenhum comentário: