Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: Um poema de Cícero Galeno Lopes - Uruguaianense

7 de abr de 2017

Um poema de Cícero Galeno Lopes - Uruguaianense

A chuva
Flocos líquidos transparentes descem
pequenos, leves, inofensivos,
um, depois mais um, depois tantos crescem,
que a terra toda alagam, e os rios

se elevam, veias da natureza,
e levam a vida a todos os seres.
Ah, quem me dera ter essa firmeza:
de gota em gota construir saberes.

LOPES, Cicero Galeno. Vidamundo. Porto Alegre: Movimento, 2012.


Studio na Colab55

Nenhum comentário: