Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: AMRIGS não quer saber de expansdão do Mais Médico RS

7 de mai de 2017

AMRIGS não quer saber de expansdão do Mais Médico RS

A Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) é contrária à decisão anunciada pelo Ministério da Saúde de que municípios poderão ingressar, ou, ampliar o número de vagas do Programa Mais Médicos. A resolução, aprovada na última quinta-feira (27/04), na reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), em Brasília (DF), prevê que prefeituras poderão realizar contratação de profissionais cubanos, por meio de cooperação direta com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e recursos próprios. A medida poderá ser adotada tanto pelas cidades que já fazem parte do Programa, como para as que ainda não aderiram à iniciativa.

A AMRIGS também referenda posição contrária à vinda de qualquer médico estrangeiro sem que tenha revalidação do diploma no Brasil, permitido pelo Mais Médicos. Revalidar diploma é obrigatório em qualquer país sério do mundo. A AMRIGS reitera que não é contra que profissionais formados no exterior, aqui se estabeleçam e exerçam suas funções profissionais, desde que realizem o Revalida. A nossa luta, conjunta com a AMB, é para que os médicos brasileiros tenham garantido seu direito prioritário para o preenchimento de vagas no Programa Mais Médicos.

A AMRIGS possui, juntamente com o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS) e Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul (CREMERS), comissão para denúncias de médicos a respeito de irregularidades na remuneração e nos planos de saúde. 

Studio na Colab55

Nenhum comentário: