Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: Morre o médico Édison Luzardo de Almeida - Uruguaiana.

17 de dez de 2014

Morre o médico Édison Luzardo de Almeida - Uruguaiana.

Faleceu no sábado, dia 13/12 e foi sepultado no domingo, dia 14/12/2014, às 11h, no Cemitério Municipal de Uruguaiana, o médico, político e agropecuarista Édison Luzardo de Almeida, aos 90 anos de idade.
Édison Luzardo de Almeida nasceu em Uruguaiana em 11 de junho de 1924, filho de Manoel Bento de Almeida e Joana Luzardo de Almeida. Casado com a sra. Leda Pombo, teve quatro filhas e oito netos. Cursou o primário e o secundário no Colégio União de Uruguaiana e o curso científico no Colégio Júlio de Castilhos em Porto Alegre. A Faculdade de Medicina cursou na Faculdade Nacional de Medicina, na Praia Vermelha, no Rio de Janeiro, formando-se em 1950. Foi o orador de sua turma.
Interno no Serviço do Professor Capiglioni no Hospital Moncorvo Filho, no Rio de Janeiro, até o 5º ano do curso médico. Interno oficial da Cadeira de Pediatria, do Professor Martinho da Rocha e estagiou no Laboratório de Análises do Hospital dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro. Foi também, durante um ano (1951) estagiário do Serviço de Cardiologia do Doutor A A Vilella, na Policlínica Geral do Rio de Janeiro e durante 60 dias (1952) do Serviço de Anestesiologia do Hospital Israelita de Buenos Aires, Argentina.
Seguiu o curso de Tuberculose da Secretaria da Saúde do Estado do Rio Grande do Sul em 1954 e foi Chefe do Dispensário de Tuberculose do Centro de Saúde de Uruguaiana de 1951 a 1961. Depois foi chefe da Unidade Sanitária de Uruguaiana até 1967 e Chefe do Serviço de Perícia Médica do INSS de Uruguaiana até 1994. Dentre outros Congressos Médicos participou do VI Congresso Mundial de Cardiologia realizado em Londres.

Nenhum comentário: