Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: Meia Inteira, de Valéria del Cueto

11 de jan de 2015

Meia Inteira, de Valéria del Cueto

"Quando a meia verdade se junta a meia intenção é o caos  por inteiro! Tudo fica meia boca como anda por aqui: meia economia, meia saúde, meia educação"
Meia no singular quase sempre é plural, já que são necessárias duas para virar uma inteira.
Até mesmo a meia propriamente dita, normalmente, é um par. Uma para cada pé. Menos a meia calça que é inteira, assim como a meia elástica.
O mesmo caso da bola de meia. Como ser bola, sem ser inteira? O meia joga no meio de campo e para ser bom tem que ser um jogador inteiro: atacar, defender, apoiar e distribuir.
Ainda no esporte, há a meia maratona, graças a Deus! Porque uma Maratona não é para qualquer atleta, só para atletas completos, como os do declatlo.
A meia pista ajuda, mas trava o trânsito e a meia velocidade é um conceito muito variável. A gente não tem noção do que é a velocidade inteira, nesse mundo cada vez mais veloz....

Continue sua meia leitura AQUI, sem meias palavras.

*Valéria del Cueto é jornalista, fotógrafa e gestora de carnaval. Essa crônica faz parte da série “Fábulas fabulosas”, do SEM   FIM...  delcueto.wordpress.com

Nenhum comentário: