Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: Águas de março, por Gabriel Novis Neves

14 de abr de 2015

Águas de março, por Gabriel Novis Neves


Águas de março 
Diante de tanta sujeira ética acumulada neste início de ano, São Pedro resolveu ajudar na limpeza dos desvios de comportamento dos nossos políticos e agentes com o erário público e abriu todas as torneiras do céu sobre Cuiabá.
De há muito não via tanta água caindo como nestes últimos dias de março.
Também pudera!
Com o avanço dos depoimentos do pessoal do Lava-Jato no Paraná, com o anunciado estouro na Caixa Econômica Federal nos recursos do programa social “Minha Casa, Minha Vida”, com os escândalos no BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) e outras estatais, só poderia mesmo chover muito sobre todos nós.
Como o Brasil não é um país sério, no momento em que o poder Executivo conclama a população a ter paciência para as amargas medidas do reajuste fiscal recomendadas pelo Ministro da Fazenda, nossos representantes na Câmara Federal, no maior cinismo, aprovam o aumento da verba para o Fundo Partidário!
Impossível para um simples mortal entender tanto descaso e descompromisso com o clamor das ruas!
A desmoralização do Congresso Nacional atingiu seu ponto máximo quando os presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados tiveram seus nomes relacionados para investigação no escândalo da Petrobras.
A chuvarada de São Pedro é um aviso cifrado da condenação lá de cima.
Pena que são as últimas águas de março anunciando a chegada do outono, onde a natureza chora para se renovar na primavera.
Poderíamos tão bem aproveitar essa lição e aplicar seus ensinamentos para uma transformação de condutas públicas que favoreçam nossa população, especialmente a mais carente!

Nenhum comentário: