Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: Eu, muro - por Valéria del Cueto

16 de abr de 2016

Eu, muro - por Valéria del Cueto


RParAvBR 141013 054 Avenida Brasil muro BrasilEu, muro

Texto e foto de Valéria del Cueto
Hoje é véspera de qualquer coisa. Ninguém calcula  muito bem de que. Mas é a véspera.
De um amanhã incerto e não sabido. Recheado de muitas tensões e decisões.
A falsa escuridão da noite tremula iluminada por reflexos roubados das janelas vizinhas enfileiradas nos edifícios.
Embalando o pensamento, ronronados dos motores dos aparelhos de ar-condicionado ritmavam um quase mantra constatação: “aquilo nunca havia visto e, pelo visto (que preferia não visto), muito além não veria”.
Os grilos do gramado conversavam quebrando a monotonia da espera. Faz de conta que são só eles por aqui.
Era ato com hora marcada. Muita torcida e barracas para pouca arquibancada.
E um jogo. Em que, no seu desenrolar, não poderá sofrer interferência externa. Quem decide está lá dentro. Para o bem ou para o mal. O problema é a coisa e tal, o lado que pouco conta e faz muito barulho: o de fora.
Clique AQUI para continuar a leitura
Valéria del Cueto é jornalista, fotógrafa e gestora de carnaval. Crônica da série “Fábulas Fabulosas” do Sem Fim...
** a foto é do ensaio Rio-Parati-Rio da janela

Nenhum comentário: