Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: SIMERS indica caminhos a Ronnie Mello

26 de dez de 2016

SIMERS indica caminhos a Ronnie Mello

Em tempos de crise, o prefeito eleito de Uruguaiana, Ronnie Mello, terá muitos desafios ao assumir a administração municipal no dia 1º de janeiro.  No município, a gestão da saúde precisa ser prioridade para o novo chefe do Executivo, que, além de melhorar o que estava sendo feito, precisa ouvir os anseios da população para o setor.

Uma das ferramentas que pode auxiliar o novo gestor a oferecer uma saúde de melhor qualidade à população é a campanha Desejos para Saúde, realizada pelo Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS) em julho passado. Por meio dessa plataforma digital inédita, a comunidade e os profissionais de saúde elegeram seus anseios para a saúde do município.  Os resultados foram entregues a todos os candidatos à prefeitura dos 497 municípios gaúchos antes do pleito como uma forma de compromisso dos postulantes ao cargo.

Em Uruguaiana, as prioridades por melhorias para a saúde foram:
– 14 % – Melhor infraestrutura na saúde pública
– 13 % – Agilidade no atendimento
– 12 % – Aumento nos leitos em unidades de saúde pública
– 10 % – Disponibilidade de especialistas no SUS

O SIMERS vem acompanhando a situação da saúde em Uruguaiana. Neste ano, a Santa Casa de Caridade do município atrasou o pagamento das remunerações dos médicos e os profissionais entraram em estado de greve. Além disso, pediram acesso às contas da instituição. A saúde na cidade também foi prejudicada com a decisão do governo federal, em junho, de cassar a autorização para instalação de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O presidente do SIMERS, Paulo de Argollo Mendes, reforça que, para 2017, todas as esferas da administração pública precisarão investir mais na saúde pública e criar condições de fixar médicos nas localidades. “Melhores condições na assistência dependem da colaboração de todos. Os médicos têm soluções factíveis e esperam encontrar gestores realmente dispostos a empreender as mudanças necessárias”, afirmou.  

Argollo acrescenta que o SIMERS seguirá vigilante para que os prefeitos cumpram as promessas apresentadas em suas propostas de governo, bem como ao atendimento das demandas da saúde, tanto dos médicos quanto da população.


Nenhum comentário: