Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: A AMRIGS solta nota sobre prisão de médicos em Itaqui

8 de mar de 2017

A AMRIGS solta nota sobre prisão de médicos em Itaqui

Em nota a Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS) ressalta que é veementemente contrária à cobrança financeira por parte de médicos que atendem pelo Sistema Único e Saúde (SUS), como no caso denunciado pela Polícia Federal em Itaqui (RS). A ação foi desencadeada pela Polícia Federal na manhã desta segunda-feira (06/03), cumprindo dois mandados de prisão preventiva. O presidente da entidade médica, Alfredo Floro Cantalice Neto, salienta que nenhum procedimento realizado pelo SUS deve ser cobrado do paciente. Além disso, a AMRIGS lembra que médicos conveniados ao IPE, e aos outros planos de saúde, não podem fazer cobranças paralelas, pois possuem credenciamento espontâneo com o convênio e, por isso, devem respeitar as normas. A AMRIGS possui uma atuante assessoria jurídica, caso médicos associados precisem de algum auxílio antes de firmar parcerias com convênios. A entidade médica do Rio Grande do Sul acredita que é fundamental a criação de novos concursos públicos com plano de carreira para o SUS.

Nenhum comentário: