Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: Professores da rede particular dizem não à Reforma da Previdência RS

14 de mar de 2017

Professores da rede particular dizem não à Reforma da Previdência RS

O Sindicato dos Professores do Ensino do RS (Sinpro/RS) está encaminhando às instituições de ensino privado do Rio Grande do Sul um Manifesto contra a Reforma da Previdência, aprovado em Assembleia Geral. O documento já foi entregue ao Sinepe/RS (Sindicato Patronal) e ao Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung).

No documento, os professores declaram sua contrariedade com a equiparação da idade e tempo de contribuição entre homens e mulheres; o estabelecimento do limite de 65 anos de idade para a aposentadoria e a perspectiva de 49 anos de contribuição para a aposentadoria integral.

“Esta proposta de Reforma, se aprovada, atingirá duramente a educação e terá graves consequências para a empregabilidade dos professores. Quem vai garantir ao empregabilidade aos professores com mais de 50 anos, que hoje já encontram dificuldades no mercado de trabalho, em especial na educação infantil e fundamental?”, destaca Marcos Fuhr, diretor do Sinpro/RS.


MOBILIZAÇÃO
15/03 (nesta quarta-feira) – Professores contra a Reforma da Previdência

Os professores também participam nesta quarta-feira, 15 de março, do Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência, convocado pelas Centrais Sindicais. A categoria realizará uma Vigília nas instituições de ensino, que consiste na discussão sobre os prejuízos em consequência da possível aprovação da Reforma da Previdência e uso de materiais, como adesivos e camisetas, que evidenciem a oposição da categoria ao projeto.

Studio na Colab55

Nenhum comentário: