Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: Vigilância alerta: Dengue, a cidade está infestada – Uruguaiana.

30 de set de 2013

Vigilância alerta: Dengue, a cidade está infestada – Uruguaiana.



 No dia 17 de maio de 2013 o município foi considerado infestado pela Dengue, desde então, o serviço de fiscalização foi intensificado pela Vigilância Ambiental em Saúde. De acordo com Programa Nacional de Combate a Dengue, no momento que aparece dois ou mais focos do mosquito em residências, a cidade está infestada. Hoje ao total são 10 focos, cinco em armadilhas e cinco em residências, o primeiro foi na rua General Canabarro, os outros quatro foram descobertos no bairro Santo Inácio, dois em cada casa. Depois de encontrada a larva, é feita uma fiscalização em um raio de 300 metros do todo o local. Conforme o Supervisor dos Agentes de Endemia da Vigilância Ambiental em Saúde, João Paulo Soares, agora 100% das residências estão sendo verificadas. Cerca de 50% do município já foi vistoriado, a fiscalização está sendo feito agora no centro da cidade e no bairro Cidade Alegria.
Apenas 24 agentes estão realizando esse trabalho, e no Programa Nacional, o ideal é que sejam no mínimo 50 agentes. “O pedido já foi encaminhado para termos 50 agentes, mas até o momento nada” disse o supervisor. Existem 174 zonas estratégicas que são fiscalizados de 12 em 12 dias, como, borracharias, cemitério, transportadoras, sucatas, empresas, dentre outros. Antes da cidade estar infestada, os pontos estratégicos e armadilhas eram revisados de 15 em 15 dias, e todos os depósitos onde são encontrados os focos ou pupa é feito o trabalho químico. Cerca de 10% dos imóveis eram vistoriados. Para o município deixar de ser considerado infestado, em 12 meses não pode ser encontrado nenhum foco. Os profissionais fazem um alerta, “tenha cuidado e previna-se, a Dengue é uma doença grave que pode matar” aviso da Vigilância Ambiental em Saúde. Os sintomas se manifestam geralmente após o terceiro dia depois da picada do mosquito, e divide-se em dois: dengue comum ou hemorrágica.
A comum pode dar febre alta com início súbito, forte dor de cabeça, dor atrás dos olhos, que piora com o movimento dos mesmos, perda do paladar e apetite, manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores, náuseas e vômitos, tonturas, extremo cansaço, moleza e dor no corpo e muitas dores nos ossos e articulações. Na hemorrágica os sintomas são o mesmo que da dengue comum, porém ela é ainda mais grave. Depois da febre começam a surgir os primeiros sinais de alerta, dores abdominais fortes e contínuas, vômitos persistentes, pele pálida, fria e úmida, sangramento pelo nariz, boca e gengivas, manchas vermelhas na pele, sonolência, agitação e confusão mental, sede excessiva e boca seca, pulso rápido e fraco, dificuldade respiratória e perda de consciência.
O mosquito gosta de água limpa e parada, para prevenir a melhor forma é combater os focos de acúmulo de água. Não devemos deixar água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, dentre outros. Previna sua família desse mosquito, ajude a acabar com a infestação do município cuidando do seu lar.

Nenhum comentário: