Mostre-me um exemplo TRIBUNA DE URUGUAIANA: Ressaca, por Gabriel Novis Neves

25 de abr de 2015

Ressaca, por Gabriel Novis Neves

Ressaca 
Estamos saindo de uma semana de feriados religiosos e já iniciamos o planejamento para mais uma esticadinha de descanso (até porque ninguém é de ferro), desta vez com viés cívico. 
Somos ensinados no dia a dia que tudo que nos estiver incomodando deve ser adiado. Não tem sido assim com todas as votações de interesse público? 
O pior é que a gente vai se acostumando com os feriados espichados, e depois fica difícil voltar à rotina diária. 
Até certo ponto é uma defesa do nosso organismo para se proteger do desnecessário sacrifício de trabalhar para produzir receita para o Tesouro de um país corrupto. 
Com a queda da arrecadação dos impostos, menos roubalheira haverá e, pior do que está nossa nação, não tem como ficar. 
A cada dia que passa os belos discursos de compromissos da campanha eleitoral ficam mais difíceis de serem cumpridos. 
Teremos uma safra de governantes de vacas magras e muitos encerrarão suas carreiras políticas por vergonha de não cumprirem com o prometido. Será? 
A prefeitura cobra do governo do Estado, que cobra do governo federal, que cobra da “crise internacional”, pela caixa vazia dos cofres públicos. 
O país está em pleno arrocho fiscal e a corrupção não preocupa o Ministro da Justiça, porta voz oficial do governo federal.
Sem recursos financeiros e altas dívidas a pagar, os mais belos planos de desenvolvimento elaborados por bem pagos marqueteiros se perdem como uma nuvem diante de uma forte ventania, não deixando sequer rastros. 
Nestes momentos cruciais é que surgem os estadistas, olhando para frente para retirar o nosso país deste caos em que foi atirado. 
O que ouvimos é um interminável bate-boca, cada qual jogando a culpa no outro e penalizando o trabalhador responsável pelas nossas riquezas. 
A ressaca dos feriados é curada pelo pesadelo das nossas dificuldades sem soluções - entra governo sai governo. 
Então, que venham os feriadões!

Nenhum comentário: